imagem 7963 5604

PSL x PSL: Eduardo Bolsonaro ataca deputado que sugeriu punições a infiéis

O deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-SP), filho do presidente Jair Bolsonaro (PSL), usou o Twitter nesta quinta-feira (10) para criticar as declarações do também deputado federal Júnior Bozzella (PSL-SP) sobre punição a parlamentares infiéis do PSL.

“Dep. Bozzella vai me tirar da presidência da CREDN? Vai tentar punir quem é Bolsonaro e depois espalhar outdoorzinho com a sua cara ao lado da do presidente? Se for para falar esse tipo de merda para a imprensa pelo menos dê os nomes ou então fica quieto”, escreveu Eduardo na rede social.

LEIA TAMBÉM:
Bolsonaro bate-boca com jornalista da Globo

Maduro, o Super-Bigode, pode derrubar o presidente do Equador; assista

Repressão a protestos no Equador deixa vários indígenas mortos, diz entidade

Bozzella defendeu ontem (9), em entrevista ao G1, punição aos parlamentares do PSL que, de alguma forma, adotarem atitude considerada infiel à sigla.

“Aqueles que atacarem o partido, obviamente, estarão sujeitos a algum tipo de punição. Então, aquele que descumprir e atacar a imagem da instituição, automaticamente sofrerá algum tipo de punição, com certeza”, afirmou.