Petróleo contamina mais de 120 praias do Nordeste e o governo Bolsonaro nem aí

Publicado em 5 outubro, 2019
Compartilhe agora!

Uma grande quantidade de petróleo cru vazou no mar do Nordeste há cerca de um mês. Nove estados e mais de cento e vinte praias já foram atingidas. E o governo Bolsonaro: cri, cri, cri, cri, cri…. Nem um pio.

O ministro da destruição do Meio Ambiente, Ricardo Salles, segue com sua agenda secreta pela Europa. Já o presidente Bolsonaro anda de cabeça quente com o indiciamento do ministro do fim do Turismo de laranjal, Marcelo Álvaro Antônio.

Ninguém sabe, até agora, de onde vem o vazamento catastrófico.

LEIA TAMBÉM
Alemanha rejeita pedido de Salles e mantém corte de auxílio ambiental

Agosto tem recorde de queimadas na Amazônia desde 2010

Bolsonaro para Noruega: “Pega a grana e ajude a Angela Merkel a reflorestar a Alemanha”

Cacique Raoni diz que Bolsonaro incitou queimadas na Amazônia

Bolsonaro diz que vai manter Ministro do Turismo no cargo

O problema é que se o governo não cuidar minimamente do meio ambiente, o Turismo fica muito prejudicado. Quem vai para o Nordeste nadar em poças de óleo?

A falta de cuidado com a natureza também é péssima para o agronegócio. As queimadas na Amazônia estão causando uma série de boicotes a produtos brasileiros.

Isso tudo sem falar na desumanidade e na tragédia que são a devastação e a poluição das praias, rios e florestas.

Confira no tuíte a seguir, um vídeo com o petróleo na beira do mar:

Compartilhe agora!