Líder do PSL orienta deputados a obstruírem MP de Bolsonaro

O líder do PSL na Câmara dos Deputados, Delegado Waldir (GO), orientou nesta terça-feira (15) sua bancada a obstruir a votação de uma medida provisória (MP) de interesse do Palácio do Planalto.

A MP em questão reformula a estrutura do Poder Executivo e, caso não seja aprovada por deputados e senadores até quarta-feira, perderá validade. A medida, entre outras coisas, transfere a articulação política da Casa Civil para a Secretaria de Governo.

LEIA TAMBÉM:
Deu chabu na votação da CCJ sobre prisão em 2ª instância; assista

Bolsa Família: Governo apresenta medida provisória do 13º pagamento do benefício

Lula à RTP: “Eu quero um julgamento justo”

Ao entrar em obstrução, o PSL se uniu ao posicionamento do PT, PSB, PDT, PSOL e PCdoB contra o governo. A ação foi vista como uma resposta à operação de busca e apreensão feita pela Polícia Federal nesta teça em endereços do presidente nacional do partido, deputado Luciano Bivar (PE).

A manobra do Delegado Waldir adiou a votação por duas horas, mas a obstrução caiu e voltou à pauta de votação.

Com informações da Exame.