Bolsonaro faz reunião com Moro para decidir futuro de ministro do Turismo

Publicado em 9 outubro, 2019
Compartilhe agora!


O presidente Jair Bolsonaro (PSL) reservou espaço em sua agenda oficial, nesta quarta-feira (9), para receber os ministros Sergio Moro, da Justiça, e Marcelo Álvaro Antônio, do Turismo. As reuniões em sequência estão agendadas para o início da tarde. Tudo indica que o “laranjal do PSL” será o assunto das reuniões.

Até o momento, o presidente tem afirmado que irá manter, pelo menos temporariamente, o ministro no cargo, mas aumentou sobre ele a pressão do núcleo palaciano pela demissão. A avaliação é de que a permanência dele tem causado um “desgaste desnecessário” na imagem do governo.

Caso Bolsonaro decida exonerá-lo, o nome mais cotado para o posto é o do presidente da Embratur (Instituto Brasileiro de Turismo), Gilson Machado Neto, considerado um dos auxiliares favoritos do presidente e presença recorrente em suas lives semanais, transmitidas pelas redes sociais.

LEIA TAMBÉM:

Senado convoca ministro do Turismo para explicar ‘laranjal’ do PSL

Moro ignora Dallagnol e se une a presidente do PSL, Luciano Bivar

Moro ‘absolve’ Bolsonaro pelo caixa 2 do laranjal do PSL

A situação de Álvaro Antônio tem se agravado desde a semana passada, quando o Ministério Público Federal (MPF) de Minas Gerais denunciou o ministro sob acusação de envolvimento no esquema de laranjas do PSL. A decisão foi tomada depois do indiciamento dele pela Polícia Federal, revelado pelo jornal Folha de São Paulo.

Compartilhe agora!