Bolsonaro e Osmar Terra promovem degola coletiva na Funarte

Publicado em 4 outubro, 2019
Compartilhe agora!

O governo Bolsonaro demitiu 19 servidores da Fundação Nacional de Artes (Funarte) nesta sexta-feira (04/10/2019).

As exonerações foram publicadas no Diário Oficial da União (DOU), assinadas pelo ministro da Cidadania, Osmar Terra.

Os funcionários desligados são integrantes do Centro de Artes Cênicas e ocupam cargos de coordenadores, gerentes e subgerentes.

LEIA TAMBÉM
Diretor da Funarte ataca Fernanda Montenegro por foto contra censura

Fernanda Montenegro posa de bruxa contra a censura e as perseguições7

#LulaNobelDaPaz quebra a internet nesta sexta

Ao saber da determinação, o diretor do Centro de Artes Cênicas, Roberto Alvim, disse que não havia sido informado das exonerações.

“Meu departamento inteiro foi exonerado, não sei se nossos teatros sequer vão poder abrir hoje. A determinação paralisa todo o meu trabalho”, afirmou.

Jorge Lemos, presidente da Asserte (Associação de Servidores da Funarte), disse que o episódio fere a independência da instituição.

“O momento é preocupante para esta fundação pública, pois não apenas sua autonomia vem sendo desconsiderada como princípios fundamentais da administração pública como a legalidade, a impessoalidade e a moralidade estão cada vez mais em xeque”, disse.

Com informações de agências.

Compartilhe agora!