Vaza Jato comprova manipulação para derrubar Dilma, diz Paulo Pimenta

Compartilhe agora!

O deputado Paulo Pimenta (PT-RS), candidato à presidência do partido, manifestou-se neste domingo (8) sobre a Vaza Jato, reportagem da Folha e do Intercept, que comprova a intenção de Lula dar estabilidade ao governo –não obstruir a Justiça, como apregoaram o ex-juiz Sérgio Moro, procuradores da força-tarefa Lava Jato e a velha mídia.

“São muito graves as revelação de hoje. Só comprovam a manipulação e a seletividade da Lava Jato”, afirmou o petista gaúcho.

Para o líder da bancada do PT na Câmara, ficou claro que a Lava Jato escondeu que Lula relutava a aceitar convite para ser ministro de Dilma.

LEIA TAMBÉM
Folha e Intercept desnudam participação de Lava Jato no golpe contra Dilma

Petrobras vai pagar R$ 17 bilhões nos EUA por prejuízo da Lava Jato

Intercept vai à Câmara e desafia deputados bolsonaristas sobre a #VazaJato

Ou seja, o juiz (julgador) e os procuradores (acusadores) sabiam que o ex-presidente não desejavam obstruir a Justiça, mas, seletivamente, eles vazaram um grampo ilegal para a Globo.

Segundo a reportagem da Folha e do Intercept, os integrantes da força-tarefa, em conluio, planejaram e executaram o vazamento de áudios ilegais, com a presidenta Dilma Rousseff, com o fim de interferir no curso da política e provocar o impeachment.

Compartilhe agora!