PT tenta Requião como candidato a prefeito de Curitiba

O PT intensificou a romaria em direção à Rua Frederico Cantarelli, no bairro Bigorrilho, com o intuito de convencer o ‘digital influencer’ Roberto Requião para disputar a Prefeitura de Curitiba no ano que vem.

Os petistas insistem na filiação democrática de Requião, hoje alistado no MDB, para concorrer no pleito de 2020.

Na sexta-feira (30), os principais dirigentes nacionais, estaduais e municipais do PT se encontraram com Requião. Após o “proveitoso” encontro, eles fizeram questão de registrar o momento numa icônica foto tirada pelo fotógrafo Eduardo Matysiak.

LEIA TAMBÉM
Bolsonaro anuncia que passará por nova cirurgia

Proibição da Vigília Lula Livre vai a julgamento quarta-feira no TJPR

Bolsonaro é ‘derrubado’ pela Folha

Para todas as correntes do PT, que apoiam o ‘Plano Requião’, embora municipal, a disputa eleitoral vindoura será nacionalizada. Ou seja, a escolha dos novos prefeitos e vereadores terá um caráter plebiscitário para o presidente Jair Bolsonaro (PSL).

No mês passado, o PSL de Bolsonaro decidiu que irá ‘até eleição para síndico de prédio‘ com o objetivo de demarcar o campo político. Nesse sentido, a deputada Joice Hasselmann (PSL-SP) concorreria à Prefeitura de São Paulo e o deputado Delegado Fernando Francischini (PSL-PR) disputaria Curitiba.