Maia deverá confirmar CPI da Vaza Jato na semana que vem

Compartilhe agora!

O presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), deverá confirmar na semana que vem a instalação da CPI da Vaza Jato. O pedido foi protocolado nesta sexta-feira (13) com 175 assinaturas.

A Comissão Parlamentar de Inquérito será criada para investigar “a violação dos princípios constitucionais e do Estado Democrático de Direito, em razão da suposta articulação entre os membros da Procuradoria da República no Paraná e o então juiz Sergio Moro, da 13ª Vara Federal de Curitiba, tornada pública pelo site The Intercept, no mês de junho deste ano” (RCP 5/19).

A série de matérias com o conteúdo do vazamento das supostas mensagens trocadas entre Moro e os procuradores ficou conhecida como “Vaza Jato”. Após a conferência de assinaturas do requerimento de criação da CPI, a Mesa Diretora da Câmara identificou 175 apoiadores, quatro a mais do que o necessário.

LEIA TAMBÉM
Em clima de ‘paz e amor’, MBL convida Dilma, Sarney, Temer, FHC e Collor para congresso

Gleisi dispara contra Ciro: “Fugiu e não aceitou o jogo democrático”

Bolsonaro faltará à Assembleia Geral da ONU

Encabeçam o pedido, os líderes André Figueiredo (PDT-CE), Alessandro Molon (PSB-RJ – Oposição), Ivan Valente (Psol-SP), Jandira Feghali (PCdoB-RJ – Minoria); Paulo Pimenta (PT-RS); Tadeu Alencar (PSB-PE); e Daniel Almeida (PCdoB-BA).

Para que a CPI seja efetivada, na semana que vem, o requerimento deve ser lido em Plenário.

Com informações da Agência Câmara.

Compartilhe agora!