Lula gigante e Requião de pretinho básico marcaram a Semana da Pátria

Compartilhe agora!

Dois fatos marcaram a passagem da Semana da Pátria em Curitiba, nas barbas da Lava Jato: 1- a inauguração do boneco Lula gigante, no centro da capital paranaense e 2- a adesão do ex-senador Roberto Requião (MDB-PR) ao pretinho básico, figurino de protesto contra o presidente Jair Bolsonaro (PSL).

O Lula gigante foi hasteado nas principais praças curitibanas e na Vigília Lula Livre, no bairro Santa Cândida, em frente à Superintendência da Polícia Federal do Paraná. É neste local que o ex-presidente Lula é mantido preso político da Lava Jato desde 7 de abril de 2018.

“Lula gigante pelas ruas de Curitiba. É duro prender essa ideia, hein?”, tutiou Lula.

LEIA TAMBÉM
Cirurgia de Bolsonaro foi um sucesso, mas amputação de pênis preocupa o presidente…

Vanhoni, candidato de Lula no PT, vence com 70% em Curitiba

Quanto a Requião, de preto, ele marchou ao lado do MST (Movimento dos Trabalhadores Sem Terra) no tradicional “Grito dos Excluídos”.

O ex-senador do MDB atendeu ao chamado de vestir preto no Dia da Independência para manifestar seu descontentamento com a política neoliberal e entreguista de Bolsonaro.

“Dia de luto. 7 de setembro. […] me visto de preto, mas no coração nossa velha bandeira brasileira”, anotou Requião.

Assista ao vídeo com o Lula gigante:

Compartilhe agora!