Lava Jato temia novo PGR e via Moro enfraquecido, revelam diálogos de procuradores

Compartilhe agora!

Em novos diálogos vazados pelo Intercept em parceria com Mônica Bérgamo da Folha de São Paulo, os procuradores da Lava Jata revelam que tinham medo da indicação de Augusto Aras à Procuradoria-Geral da República, já em abril.

Por coincidência, o primo de Augusto Aras, Vladimir Aras concorreu à PGR pela lista tríplice com o apoio de Sergio Moro.

“Falei c Moro que confirmou que Aras é o candidato dele…. calma! O outro Aras rs”, brincou Deltan Dallagnol em uma das mensagens.

“E sabe se a opinião do Moro ainda tá valendo algo no governo? Tô achando ele bem enfraquecido ultimamente…isso me assusta bastante”, respondeu a procuradora Laura Tessler.

LEIA TAMBÉM
7 de Setembro é dia de sair de preto às ruas do Brasil

Jurista pede a interdição de Bolsonaro por insanidade

Paulo Jegues: “O véio mais bonito e gostoso do Brasil”

O procurador Orlando Martello tenta tranquilizar a colega: “Tá não. Isso [é] o q querem fazer transparecer. É a pessoa q mais conhecem no Brasil inteiro e o q tem melhor avaliação”.

No fim das contas, Moro nem foi consultado por Bolsonaro.

Com informações da Folha de S. Paulo.

Compartilhe agora!