brazil inauguration bolsonaro

Governo Bolsonaro, para seduzir ‘Centrão’, cogita dobrar fundo eleitoral


O governo do presidente Jair Bolsonaro (PSL) cogita dobrar o fundo eleitoral para o próximo ano passando dos atuais R$ 1,87 bilhão para até R$ 3,7 bilhões, segundo informa o jornal O Globo.

A intenção do governo é fazer um aceno ao Congresso, principalmente aos líderes partidários do bloco parlamentar conhecido como “Centrão”, que pretendem aumentar o valor do fundo partidário para as eleições municipais de 2020.

LEIA TAMBÉM:

Ao Le Monde, Lula diz que o governo Bolsonaro é de “destruição”

Bolsonaro recebe sonda no nariz e Mourão pode continuar interino na Presidência

Exilada, Marcia Tiburi vai dar aulas em universidade da França

Para conseguir aumentar o fundo, o Ministério da Economia terá que indicar corte de outras despesas, uma vez que o Orçamento do próximo ano está pressionado pelo teto de gastos.