Em decomposição, Lava Jato prende filho do ex-ministro Lobão

Compartilhe agora!


A Polícia Federal prendeu na manhã desta terça-feira (10) o filho do ex-ministro de Minas e Energia e ex-senador Edison Lobão, Márcio Lobão, por suspeita de recebimento de cerca de 50 milhões de reais em propina em obras da Transpetro, subsidiária de Petrobras, e da hidrelétrica de Belo Monte, em mais uma fase da operação Lava Jato, informou o Ministério Público Federal (MPF).

A prisão foi efetuada no Rio de Janeiro (RJ). Além disso, são cumpridos 11 mandados de busca e apreensão e um mandado de prisão preventiva nas cidades de São Paulo, Rio de Janeiro e Brasília.

A nova etapa da operação investiga crimes de corrupção e lavagem de dinheiro proveniente de pagamento de vantagens indevidas relacionadas a contratos de uma empreiteira para a construção de uma usina hidrelétrica de Belo Monte no Pará.

LEIA TAMBÉM:

Datafolha: 67% dos brasileiros rejeitam privatizações de estatais

Mentiras de Moro reveladas pela #VazaJato são lançadas em livro nesta terça-feira

Nem a Globo levou a sério a nova denúncia da Lava Jato contra Lula

Edison Lobão foi ministro de Minas e Energia durante os governos dos ex-presidentes Luiz Inácio Lula da Silva e Dilma Rousseff. Ele também foi senador de fevereiro de 1995 até fevereiro deste ano.

A Lava Jato opera nos últimos meses sob forte pressão após as revelações do site The Intercept Brasil.

Compartilhe agora!