Com Temer, desemprego atinge 12,6 milhões de trabalhadores

Efeito Bolsonaro: Taxa de desemprego se mantém em alta

Publicado em 27 setembro, 2019
Compartilhe agora!

Com Temer, desemprego atinge 12,6 milhões de trabalhadoresA taxa de desemprego no país se mantém em 11,8% no trimestre encerrado em agosto deste ano. O índice é inferior aos 12,1% do mesmo período do ano passado e aos 12,3% do trimestre em maio deste ano. Apesar de leve recuou, o desemprego continua atingindo mais de 12 milhões de brasileiros.

Os dados são da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (Pnad), divulgados nesta sexta-feira (27) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

O total de desempregados chegou a 12,6 milhões em agosto, 3,2% a menos (ou 419 mil) do que em maio deste ano (13 milhões), mas estável em relação a agosto do ano passado.

O quadro apresentado pelo IBGE revela a política econômica desastrosa da dupla Bolsonaro e Paulo Guedes, que mantém altas taxas de desemprego, precarização e crescente desalento. Além de uma quadro latente de recessão na economia do país.

LEIA TAMBÉM:

Manifestação de mulheres pede a saída de Bolsonaro e novas eleições

Bolsonaro aparelha instituições para proteger seu clã, afirma Haddad

Efeito Bolsonaro: Brasil registra mais de 4,5 mil casos de sarampo

A população ocupada (93,6 milhões) cresceu 0,7% em relação a maio (mais 684 mil) e 2% na comparação com agosto do ano passado (mais 1,84 milhão de pessoas).

Compartilhe agora!