Datafolha vê Moro como adversário de Bolsonaro em 2022

Compartilhe agora!

O jornal Folha de SP aponta a boa avaliação do ministro da Justiça, Sérgio Moro, como motivo da constante fritura que sofre do presidente Jair Bolsonaro (PSL).

De acordo com o Datafolha, Moro tem o apoio de 54% dos pesquisados ante 29% do presidente da República. O ex-juiz é o ministro melhor avaliado no governo.

O instituto fez um Raio X do apoiador de Moro:

* Homens (58%)

* Brancos (60%)

* Evangélicos (61%)

* Aposentados (61%)

* Moradores do Sul (64%)

* Renda de 5 a 10 salários min. (64%)

Ou seja, o perfil do sujeito que apoia Sérgio Moro é homem branco, evangélico, aposentado, mora na região Sul do país e é mais rico –com rende de 5 a 10 salários mínimos.

LEIA TAMBÉM
39% querem Moro candidato a presidente da República, diz pesquisa

Lava Jato implode e procuradores abandonam Deltan Dallagnol

PEC da Previdência é aprovada na CCJ do Senado

O ministro da Justiça é mais desaprovado entre os mais pobres, segundo o Datafolha:

* Renda até 2 salários mín. (49%)

* Desempregados** (45%)

* Pessoas de 16 a 24 anos (43%)

* Moradores do Nordeste (40%)

* Estudantes (38%)

* Ateus (19%)

O trabalhador que ganha até dois salários mínimos, os desempregados, jovens entre 16 e 24 anos, morador do Nordeste, estudantes e os sem religião não querem nem ouvir falar em Moro.

Para a Folha, que publicou a pesquisa Datafolha nesta quinta (5), o ex-juiz se tornou alvo de alfinetadas do presidente e tem sofrido derrotas no Congresso por conta da boa imagem que ainda tem. O ministro é conhecido por 94% dos eleitores brasileiros.

O segundo melhor avaliado entre os ministros, revela a pesquisa, é o ministro da Economia Paulo Guedes. Ele é aprovado por 38%, portanto 9% a mais que Bolsonaro (aprovado por 29%).

A pesquisa Datafolha realizou 2.878 entrevistas em 175 municípios de todo o país nos dias 29 e 30 de agosto. A margem de erro é de 2 pontos percentuais para mais ou para menos e nível de confiança de 95%.

Compartilhe agora!