mab brumadinho

CPI de Brumadinho pede indiciamento de funcionários da Vale e da Tüv Süd

A Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) sobre a tragédia da barragem de Brumadinho na Assembleia Legislativa de Minas Gerais aprovou seu relatório final nesta quinta-feira (12). O documento aprovado por unanimidade pede o indiciamento de 13 funcionários da Vale e daTüv Süd.

O relatório nomeia responsáveis pela tragédia da Vale e ainda faz mais de uma centena de recomendações a órgãos públicos para evitar eventuais novos desastres na mineração.

“Foi um crime, crime doloso, com dolo eventual, e cabe à CPI apresentar a sugestão de indiciamento”, disse o relator, André Quintão (PT).

LEIA TAMBÉM
Vale ainda pode lucrar com terrenos devastados em Brumadinho

Estudo da Vale apontou mais de cem mortes em um eventual rompimento da barragem de Brumadinho

Câmara debate crimes da Vale em Brumandinho

O deputado também afirma que foi verificado a prática de falsidade ideológica porque, segundo ele, a Vale utilizou um laudo falso da Tüv Süd junto a órgãos públicos de licenciamento ambiental.

De acordo com Quintão,também foi pedido ao Ministério Público que aprofunde as investigações sobre a eventual prática de corrupção.

Entre os apontados como responsáveis pela tragédia estão o então diretor presidente da Vale, Fábio Schvartsman, além de diretores, gerentes e engenheiros.

Com informações do G1.