Congresso avisa que vetos à Lei de Abuso de Autoridade devem cair

Compartilhe agora!

O presidente Bolsonaro tem prazo até quinta-feira (5) para vetar ou sancionar a Lei de Abuso de Autoridade. Mas o Congresso Nacional que aprovou a Lei de autoria do então senador Roberto Requião (MDB) não deve aceitar calado e pode derrubar os possíveis vetos.

O presidente do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP), já mandou avisar que haverá “dificuldades” para manter os vetos do presidente. O presidente da Câmara, Radrigo Maia (DEM-RJ), aponta no mesmo rumo.

LEIA TAMBÉM
Lei de abuso de autoridade terá quase 20 vetos, diz Bolsonaro

AO VIVO: CCJ Senado analisa relatório da PEC da Previdência

Deltan Dallagnol se lança candidato em 2022, revela Vaza Jato

Os vetos presidenciais também podem causar impacto nas demais matérias do governo que tramitam no Congresso, em especial, a PEC da Previdência.

Por outro lado, sancionar a Lei sem vetos seria atirar o ex-juiz Sérgio Moro de vez ao fogo. E Bolsonaro não vai perder a chance de se meter em mais uma briga.

Com informações do G1

Compartilhe agora!