Ato ‘Lava Toga’ fracassa em Brasília e termina em confronto com a PM


O ato nesta tarde de quarta-feira (25), convocado por manifestantes de extrema-direita e parlamentares lavajatistas que pedem a CPI da “Lava Toga”, em frente ao Supremo Tribunal Federal (STF), reuniu pouca gente e terminou em confronto com a PM de Brasília (DF).

Os manifestantes pedem o impeachment dos ministros Dias Toffoli, Gilmar Mendes e Alexandre de Moraes. Também gritaram “Fora Davi” (presidente do Senado Davi Alcolumbre-DEM-AP) e “Fora Maia”, presidente da Câmara.

LEIA TAMBÉM:

De posse de áudio, Requião cria sua ‘Vaza Jato’ e vai pra cima de procurador da Lava Jato

Fracasso da ‘CPI da Lava Toga’ é ducha nos lavajatistas

AO VIVO: Supremo inicia velório da Lava Jato

Os manifestantes foram dispersados pela PM, após atirarem objetos contra a berreira de policiais que protegiam a Esplanada dos Ministérios.

Veja o vídeo do confronto: