Reinaldo Azevedo vê ‘armação ilimitada’ no caso PT-PCC

Publicado em 10 agosto, 2019
Compartilhe agora!

O jornalista Reinaldo Azevedo, que não é petista, classificou como “Armação Ilimitada” a tentativa de a Polícia Federal de incriminar o PT relacionando-o com a ficção criminosa PCC.

Para o colunista da Folha e da BandNews FM, trata-se de um roteiro amador. “O roteiro da Armação Ilimitada, Lula iria para um presídio da quinta, e, na sexta, viria a público a conversa ligando PT-PCC, sem evidência, sem indícios, sem nada”, escreveu Azevedo.

O que também intriga Reinaldo foi a narrativa da PF: “E com o bandido ainda dizendo que agora a coisa mudou porque, afinal, existe Sergio Moro.”

LEIA TAMBÉM
Venezuela: Milhares marcham neste sábado contra bloqueio de Trump

Promotor desmente ‘fake news’ de negociação entre PT e PCC

VVVV
A luta pela democracia tem disso, caro Reinaldo Azevedo. Às vezes a gente se vê lado a lado com o adversário político e ideológico em nome de um projeto altruísta em defesa da civilização e contra a barbárie.

Reinaldo já havia chamado a questão dos hackers de Araraquara como um produto das “Organizações Tabajaras” que se iguala à “Operação Uruguai” da época de Collor de Mello, ou seja, totalmente ‘fake’.

Compartilhe agora!