Para manter Bolsonaro no poder, PSL planeja disputar eleição até de ‘síndico de prédio’

Compartilhe agora!

Partido Social Liberal, PSL, planeja disputar com candidato próprio até eleição para ‘síndico de prédio’, informou uma fonte da agremiação. O objetivo é manter o presidente Jair Bolsonaro no poder, qual seja, garantir a sua reeleição em 2022.

De acordo com a fonte pesselista, a ideia é lançar candidaturas próprias em todos os municípios que a agremiação exista. Eleger o maior número possível de vereadores e prefeitos em 2020. E daí, em 2020, reeleger Bolsonaro e garantir governos estaduais, as maiores bancadas nas assembleias legislativas e no Congresso Nacional.

LEIA TAMBÉM
Raquel Dodge anuncia investigação da PGR sobre o assassinato de Marielle Franco

SBPC e entidades científicas lançam abaixo-assinado em defesa do CNPq

Justiça cassa passaporte diplomático do Pastor Valdemiro Santiago

“A estratégia do PSL é bem parecida com a do PT. Lançar candidato próprio até para síndico de prédio. Se der para compor no segundo turno, nos grandes centros, ótimo. Mas a ordem é aparecer com cara própria nas eleições para fazer a defesa do governo Bolsonaro”, revelou a fonte bolsonarista ao Blog do Esmael.

Resumo da ópera: o PSL vai disputar as eleições em todos os níveis como cabeça de chapa.

Compartilhe agora!