Moro aguarda novo “tiro” do site Intercept no segundo mês da #VazaJato

Compartilhe agora!

O ministro da Justiça, Sérgio Moro, entrou em compasso de espera. Sabe que levará um novo “tiro” do site The Intercept nas próximas horas, mas não tem como saber qual parceiro do jornalista norte-americano Glenn Greenwald irá fazer o disparo.

Na última quarta-feira (7), o ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Gilmar Mendes concedeu salvo-conduto para o fundador do Intercept ameaçado de prisão ou extradição pelo presidente da República e pelo ministro da Justiça.

Há exatos dois meses, o site Intercept iniciou a série de reportagens #VazaJato mostrando o submundo da operação Lava Jato e o conluio entre o julgador (juiz) e o acusador (procurador), o que tornava a defesa impossível para o réu em flagrante desrespeito ao sistema acusatório previsto na Constituição Federal de 1988.

LEIA TAMBÉM
Moro erra a competência ao processar presidente da OAB

Estados Unidos: Centenas de prefeitos pedem maior controle de armas

PSOL apresenta projeto para barrar uso da Força Nacional durante protestos da educação

Disto isto, hoje a #VazaJato comemora 2 meses. Para marcar a data, muito provavelmente, haverá nova rajada sobre Moro ou o procurador Deltan Dallagnol –coordenador da força-tarefa que já faz “hora extra” na Lava Jato. Ele perdeu todas as condições políticas, morais e jurídicas para continuar à frente do grupo persecutório de Curitiba.

Nesses dois meses de #VazaJato o Intercept angariou como parceiros nas reportagens, por ondem de chegada: Folha, Reinaldo Azevedo, Veja, El País e UOL.

Moro sabe que virá o “tiro” ainda hoje, mas não faz ideia de onde virá. Será o de misericórdia? A conferir.

Compartilhe agora!