Lula em São Paulo e Lava Jato em ‘estado terminal’

Compartilhe agora


Familiares do presidente Lula, dirigentes sindicais da Central Única dos Trabalhadores (CUT) e do Partido dos Trabalhadores (PT) sempre defenderam que Lula permanecesse em São Paulo. O site oficial da CUT registra que depois de mais de um ano longe da família, em meio a Vaza Jato, a juíza Carolina Lebbos decide que Lula pode vir para o estado onde mora.

“No momento mais crítico do escândalo da Vaza Jato, que mostrou o ex-juiz Sérgio Moro e o procurador Deltan Dallagnol combinando ações e discutindo processos, a juíza federal Carolina Lebbos, responsável pela execução penal de Lula, autorizou na manhã desta quarta-feira (7) a transferência do ex-presidente para São Paulo”, diz o texto do site cutista.

Expectativa na Vigília em Curitiba com a transferência de Lula

URGENTE: Justiça autoriza transferência de Lula para São Paulo

Lula é mantido preso político na sede da Superintendência da Polícia Federal de Curitiba desde abril do ano passado. Ele foi condenado sem crime e, portanto, sem provas, no caso do triplex do Guarujá, comandado por Moro com auxílio de Deltan.

De acordo com o texto do despacho da juíza, “caberá à Autoridade Policial adotar as providências pertinentes. Tratando-se de matéria que foge à competência deste Juízo, por não possuir ingerência sobre os estabelecimentos localizados naquele Estado da Federação, solicite-se ao Juízo de execução penal competente do local de destino a indicação do estabelecimento onde o apenado deverá permanecer recolhido”.

*Com informações da CUT