Lewandowski rejeita pedido para barrar indicação de Eduardo Bolsonaro

Compartilhe agora


O ministro Ricardo Lewandowski, do Supremo Tribunal Federal (STF), negou pedido apresentado pelo Cidadania (ex-PPS) para barrar indicação do deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-SP), filho do presidente Jair Bolsonaro, para ocupar o cargo de embaixador do Brasil nos Estados Unidos.

Lewandowski não chegou a analisar a eventual indicação de Eduardo ao posto. Ele entendeu que partidos políticos não tem direito a entrar no STF com mandado de segurança para esse tipo de caso. Foi uma decisão de caráter técnico.

Bolsonaristas convocam atos pelo fechamento do STF para dia 25

A indicação de Eduardo Bolsonaro ainda será examinada pelo Senado, ao órgão legislativo cabe a decisão de aprová-la ou não.

Uma ação civil pública do MPF de Brasília questiona a nomeação do filho do presidente.