Lewandowski mantém decisão de Toffoli que suspendeu investigação sobre Flávio Bolsonaro

Compartilhe agora!

O ministro Ricardo Lewandowski, do Supremo Tribunal Federal, rejeitou nesta sexta-feira (9) uma ação da Rede Sustentabilidade pedindo a suspensão de decisão do ministro Dias Toffoli que paralisou a investigação sobre o escândalo Queiroz – Bolsonaro, entre outras.

LEIA TAMBÉM
Polícia Federal paralisa investigações com dados do Coaf

Toffoli faz gestão temerária no STF para salvar filho de Bolsonaro

Em 16 de julho, Toffoli suspendeu todas as investigações em curso no país que tivessem como base dados compartilhados pelo Conselho de Controle de Atividades Financeiras (Coaf) e a Receita Federal sem autorização judicial.

A decisão de Toffoli foi liminar e o julgamento em plenário está marcado para 21 de novembro, mas a data pode ser antecipada.

Lewandowski justificou que o presidente do Supremo já levará a questão ao plenário. “Prematura, portanto, a antecipação do juízo exauriente nesta matéria até a deliberação da Suprema Corte.”

As informações são do G1.

Compartilhe agora!