Por Esmael Morais

Juízes debatem na UFPR excessos da Lava Jato e a perseguição a Lula

Publicado em 08/08/2019

Juíza Valdete Souto Severo, presidenta da AJD.

Daqui a pouco, a partir das 19h, a Universidade Federal do Paraná (UFPR) receberá um debate da Associação Juízes para a Democracia (AJD) sobre lawfare (uso do sistema de justiça para realizar perseguições políticas) e estado de exceção.

Participam do evento em Curitiba, além da presidenta da associação, Valdete Souto Severo, os juízes associados Kenarik Boujikian, Cláudia Maria Dadico e Edevaldo de Medeiros, e o professor Juarez Cirino dos Santos.

LEIA TAMBÉM
Bolsonaro recebe viúva do torturador Brilhante Ustra nesta quinta

Moro aciona a Força Nacional para combater o “tsunami” da Educação

Boletim Lula Livre fala sobre veto do STF à transferência de Lula

O encontro de hoje à noite dar-se-á após os juízes entregarem uma carta de solidariedade ao ex-presidente Lula, preso político há quase 500 dias na carceragem da Polícia federal do Paraná.

A missiva será dada ao escritor e amigo do ex-presidente Fernando Morais, que tem visita agendada com o ex-presidente.

O debate jurídico na UFPR será no salão nobre do prédio histórico da Praça Santos Andrade, nº 50, a partir das 19h. A entrada é livre.