Jornal Le Parisien acusa Bolsonaro de sexismo contra mulher do presidente da França

Compartilhe agora

O presidente Jair Bolsonaro virou destaque mundial não só pela queimada da Floresta Amazônia, que arde em fogo há dias, mas também pela baixeza no trato com Brigitte Macron, mulher do presidente da França Emmanuel Macron.

Bolsonaro endossou pelo Facebook comentário ofensivo de um bolsominion dirigido à primeira-dama francesa, que é mais velha que seu marido.

“É inveja presidente do macron pode crê. Entende agora pq Macron persegue Bolsonaro?” (sic), questionou Rodrigo Andreaça postando fotos comparando as esposas de Macron e Bolsonaro.

Bolsonaro não perdeu a chance de tirar uma casquinha do colega francês: “não humilha cara. Kkkkkkk” (sic), respondeu a Andreaça.

O perfil de Bolsonaro deu a entender que as recentes críticas de Macron ao presidente brasileiro seriam motivadas por inveja da esposa do brasileiro, que, segundo os bolsominions, é mais bonita e mais jovem.

LEIA TAMBÉM
Bolsonaro pede investigação de fazendeiros por ‘dia do fogo’ na Floresta Amazônica

Intercept vaza lista de ‘intocáveis’ na Lava Jato: bancos, FHC, Guedes, Alvaro e Onyx

Deltan ataca os três poderes da República

A grosseria, combinada com o sexismo de Bolsonaro, tem potencial de transformar uma querela diplomática em hostilidade.

O jornal Le Parisien destacou que a hashtag #calabocabolsonaro foi o assunto mais comentado neste domingo (25) no Twitter.

“Bolsonaro acusado de sexismo depois de zombar de Brigitte Macron”, reverberou a publicação.

“A maioria dos chefes de Estado das grandes potências mundiais manteve silêncio. Mas Jair Bolsonaro, que faz uso de redes sociais talvez até mais intensivo que Donald Trump, definitivamente não é um presidente como os outros. ‘Não o humilhe, cara. Kkkkkkk [lol]’ , ele respondeu, zombando”, escreveu o jornal parisiense.