Governador e vice do Sergipe são cassados por abuso do poder público

Publicado em 19 agosto, 2019
Compartilhe agora!

O Tribunal Regional Eleitoral de Sergipe (TRE-SE) cassou nesta segunda-feira (19) os mandatos do governador do Sergipano, Belivaldo Chagas (PSD), e da sua vice Eliane Aquino (PT) por abuso do poder público.

LEIA TAMBÉM:
Igreja apela para orações para tentar salvar Dallagnol

Governo Bolsonaro suspende verbas para filmes com temas LGBT

Damares extingue comitês de Gênero, Diversidade e Inclusão

A cassação se deu, segundo a ação ajuizada pelo Ministério Público Eleitoral, porque a chapa composta por Belivaldo e Eliane se beneficiou de eventos públicos realizados durante o período eleitoral, como a assinatura de ordem de serviços em formatos festivos amplamente divulgados.

No julgamento do TRE, que teve placar de 6×1 pela condenação, Belivaldo ainda teve a inelegibilidade decretada por oito anos.

Apesar de também ter sido cassada, Eliane não recebeu pena de inelegibilidade.

O dois políticos poderão recorrer da sentença e ficar no cargo até decisão final do Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

Com informações do G1.

Compartilhe agora!