Estadão prevê “apagão” no governo de Bolsonaro e Guedes

Compartilhe agora!

Paulo GuedesO jornal O Estado de São Paulo, tradicional veículo da direita paulista, afirma que a proposta de orçamento da União apresentada por Bolsonaro levará as despesas com custeio e investimento ao menor patamar da história.

LEIA TAMBÉM
Efeito Bolsonaro: PIB menor, mais cortes e nenhum concurso em 2020

Bolsonaro anuncia pior salário mínimo em dólar desde 2009

Para 62%, Lula é ‘o cara’ que melhorou as condições de vida dos brasileiros

Segundo o jornal, diversos ministros já estão reclamando que os recursos previstos para 2020 são insuficientes. O arrocho deve comprometer compra de livros escolares, pagamentos de bolsas de estudos e entrega gratuita de medicamentos, entre outros serviços.

A previsão de investimentos é quase 30% menor que o valor do orçamento atual. O estrangulamento é fruto do teto de gastos e da recessão econômica. É o efeito Bolsonaro, com um pouco da herança maldita de Temer e do golpe de 2016.

Se até o Estadão está prevendo o caos e o desgoverno, imaginem pelo que vão passar os trabalhadores. Na verdade, o tal “apagão” já está acontecendo. Só não se apaga é o fogo das queimadas na Amazônia.

Com informação do Estadão.

Compartilhe agora!