Entreguista, Bolsonaro faz ‘beicinho’ para Macron e comporta-se como ‘bichon frisé’ de Trump

Publicado em 27 agosto, 2019

A gestão do presidente Jair Bolsonaro (PSL), com militares e tudo, se caracteriza como um governo entreguista, que não tem pejo de doar o patrimônio público para grupos estrangeiros por meio de suspeitas privatizações.

O imbróglio que envolve a soberania da Floresta Amazônica não passa de uma retórica. Um beicinho de Bolsonaro para o presidente da França, Emmanuel Macron.

LEIA TAMBÉM
Mensagem mostram o ódio e o desrespeito da lava jato por Lula e família

Bolsonaro vai rejeitar 20 milhões de Euros do G7 para combater queimadas

Ibama pediu apoio da Força Nacional para evitar “dia do fogo” mas Moro negou

Bolsonaro rejeita que o Brasil seja uma colônia francesa ou de outro qualquer país europeu, porém, o presidente brasileiro comparta-se como um cachorrinho bichon frisé do norte-americano Donald Trump.

Portanto, não se pode levar a sério o nacionalismo e a defesa da soberania sob a liderança de Bolsonaro et caterva. Eles já deram mostras que vendem até a mãe e, pior, entregam, de preferência para os Estados Unidos.

Aliás, para Trump, eles até cogitam dar de graça [as estatais brasileiras e, por que não parte da Amazônia?].