Comunidade da UFRGS aprova repúdio ao Future-se

Publicado em 16 agosto, 2019
Compartilhe agora!


Conselho Universitário (Consun) da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS), em sessão extraordinária nesta sexta-feira (16), aprovou o repúdio ao programa Future-se do governo federal, que abre espaço para a privatização das universidades e dos institutos federais.

Mais de duas mil pessoas lotaram o espaço para participar dos debates.  A assembleia foi convocada conforme o regimento do CONSUN, por 1/3 dos Conselheiros da Universidade, a sessão extraordinária aprovou ao final do encontro, após amplo debate com os presentes e entidades representativas das categorias da UFRGS, uma nota de repúdio da comunidade universitária ao Programa Future-se.

Eduardo Bolsonaro organiza fórum da extrema-direita mundial em SP

Bolsonaro é redicularizado na TV alemã por devastação da Amazônia

Segundo a reitoria o texto de repúdio da comunidade universitária servirá de base para que o conselho vote a posição oficial do CONSUN em próxima sessão, que deve ser convocada para o dia 23 de agosto.

Diversas universidades do país, através de posição oficial de suas reitorias, de relatórios de GTs ou da posição de seus CONSUNs, já manifestaram o repúdio ao Future-se, entre elas a UFCSPA, UFRJ, UFMG, UFPEL, UnB. Ao todo mais de 40 federais já criticaram o Future-se em sua totalidade ou em alguns pontos, sendo que cinco delas já oficializaram rejeição total à adesão da programa.

Compartilhe agora!