Bolsonaro vai rejeitar 20 milhões de Euros do G7 para combater queimadas

Compartilhe agora!

O ministro da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, afirmou que o governo rejeitará a ajuda de 20 milhões de Euros do G7 para combater as queimadas na Amazônia, anunciada pelo presidente da França, Emmanuel Macron.

“Agradecemos, mas talvez esses recursos sejam mais relevantes para reflorestar a Europa. O Macron não consegue sequer evitar um previsível incêndio em uma igreja que é um patrimônio da humanidade e quer ensinar o quê para nosso país? Ele tem muito o que cuidar em casa e nas colônias francesas”, disse Onyx ao blog de Gerson Camarotti no G1..

LEIA TAMBÉM
#DesculpaBrigitte mostra a vergonha que os brasileiros sentem de Bolsonaro

Ao defender sua mulher, Macron pensa em Lula como substituto de Bolsonaro

Paulo Pimenta: “Lava Jato usa métodos semelhantes aos da máfia”

“O Brasil é uma nação democrática, livre e nunca teve práticas colonialistas e imperialistas como talvez seja o objetivo do francês Macron. Aliás, coincidentemente com altas taxas internas de rejeição”, acrescentou o ministro.

Ao blog, Onyx Lorenzoni disse ainda que o Brasil pode ensinar “a qualquer nação” como proteger matas nativas. “Aliás, não existe nenhum país que tenha uma cobertura nativa maior que o nosso”, acrescentou.

As informações são do G1.

Compartilhe agora!