Bloco de Esquerda quer evitar a visita de Bolsonaro a Portugal

Compartilhe agora

O partido Bloco de Esquerda (BE) de Portugal emitiu uma nota defendendo o cancelamento da visita oficial de Bolsonaro ao país. O Bloco integra a coalizão que governa Portugal com o premiê António Costa, do Partido Socialista.

“Sabendo-se que está em preparação uma visita oficial do presidente da República do Brasil a Portugal, prevista para o início de 2020, o Bloco de Esquerda considera que esta, a concretizar-se, sinalizaria ao povo irmão do Brasil que o governo português é conivente com o constante desrespeito à democracia demonstrado pelo atual governo”, diz a nota do partido.

LEIA TAMBÉM
Bolsonarista duvida de doença da mãe de Greenwald e toma invertida

O partido também citou a recente polêmica envolvendo o presidente do Brasil e presidente da OAB, Felipe Santa Cruz.

Jair Bolsonaro deu declarações sobre em relação à morte do pai de de Santa Cruz, Fernando Santa Cruz, que foi morto pela Ditadura Militar e dado como desaparecido em 1974.

A visita oficial de Bolsonaro a Portugal é esperada para o início de 2020, mas não há uma data definida.

As informações são do Sputnik.