Atos contra Bolsonaro nas capitais e em mais de 150 cidades nesta terça

Publicado em 12 agosto, 2019
Compartilhe agora!


O Dia Nacional de Mobilizações, Paralisações e Greves em Defesa da Educação, da Aposentadoria e por Emprego, que acontece nesta terça-feira (13) em todo país, reunindo estudantes, professores, técnicos administrativos das universidades, trabalhadores, sem teto, sem terra e desempregados vai acontecer em todas as capitais e em de 150 cidades. As manifestações são convocadas pela CNTE, Andes, UNE, centrais sindicais, coletivos, Frentes Povo Sem Medo e Brasil Popular.

A mobilização deste dia 13 de agosto tem como pauta centrais a defesa da educação, encabeçada pela Confederação Nacional dos Trabalhadores em Educação (CNTE) e a UNE. A luta para impedir o fim do sistema de Previdência Pública e por empregos.

Os recentes cortes no orçamento do Ministério da Educação (MEC) promovidos pelo governo Bolsonaro afetam diretamente universidades, institutos federais e até a educação básica. No fim do mês de abril, o corte foi de R$ 1,7 bilhão do setor. Um novo bloqueio no orçamento do MEC, no valor de R$ 348 milhões, foi divulgado na quarta-feira (7) e afetará a aquisição e distribuição de centenas livros didáticos que atenderiam crianças do ensino fundamental de todo o país.

Estudantes e trabalhadores nas ruas nesta terça contra Bolsonaro

As entidades sindicais pressionam o Senado para barrar o nefasto projeto de reforma da Previdência aprovado na Câmara de Deputados.

Confira os locais do atos nas capitais

Bahia:
-Salvador: concentração às 9h no Campo Grande, com caminhada pelo centro da cidade, até a Praça Castro Alves.

Ceará:
-Fortaleza: ato às 8h, na Praça da Gentilândia.

Distrito Federal
Brasília: ato em frente ao Museu Nacional, às 9h.

Goiás
-Goiânia: ato à partir das 15h, na Praça Universitária.

Mato Grosso
-Cuiabá: concentração será a partir das 14 horas, na Praça Alencastro.

Mato Grosso do Sul
– Campo Grande: ato às 9h na Praça Ary Coelho

Minas Gerais
-Belo Horizonte: ato a partir das 16 horas, na Praça da Assembleia Legislativa.

Paraíba
– João Pessoa, ato em frente à escola Lyceu Paraibano, no centro, às 14h

Paraná
-Curitiba: ato às 18h na Praça Santos Andrade.

Pernambuco
-Recife: ato público com concentração a partir das 14h, em frente ao Ginásio Pernambucano, na Rua da Aurora.

Piauí
-Teresina: concentração às 8h em frente ao INSS

Rio de Janeiro
-Capital: ato com concentração às 17h na Candelária

Rio Grande do Sul
-Porto Alegre: ato na Praça Matriz, a partir das 14h. Às 16h, CUT, centrais e movimentos sociais se concentram em frente ao Palácio Piratini e em seguida realizam ato às 18h, na Esquina Democrática. De lá, seguem em caminhada até à Faculdade de Educação da Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

Rio Grande do Norte
-Natal: 14h, na Calçada do Shopping Midway

Santa Catarina
-Florianópolis: ato público unificado, concentração às 16h, no largo da Catedral.

São Paulo
-Capital: concentração às 15h no Masp (Avenida Paulista) e caminhada até a Praça da República.

Sergipe
-Aracaju: ato às 8h, em frente ao Palácio de Despachos. Ato também às 14h, na Praça General Valadão seguido de marcha pelas ruas do centro.

Compartilhe agora!