Ato ‘Moro Mente’ vai denunciar conduta de criminosa da Lava Jato

Compartilhe agora!


A Associação Brasileira de Juristas pela Democracia (ABJD) promove na próxima segunda-feira (19) o ato público “Moro Mente” para denunciar as condutas criminosas do atual ministro da Justiça, Sergio Moro, e da operação Lava Jato, que extrapolaram a ética da Magistratura e do Estado de Direito.

O evento será às 18h30, no Salão Nobre da Faculdade de Direito da USP, e reunirá juristas, como a desembargadora aposentada Kenarik Boujikian e a professora de direito internacional Carol Proner. Estão confirmados os ex-presidenciáveis Fernando Haddad e Guilherme Boulos e os deputados federais Ivan Valente, Alexandre Padilha, Paulo Teixeira e Samia Bomfim. O evento é aberto e tem a expectativa de receber mil pessoas entre elas professores, alunos e sociedade civil em geral.

Parecer do Senado diz que nomeação de Eduardo Bolsonaro é nepotismo

A Associação de Juristas lançou a campanha #MoroMente no último dia 1º de agosto para explicar à população quais foram as violações de direitos cometidas pelo ex-juiz e apontar as mentiras que ele conta para justificar sua atuação criminosa durante a Lava Jato.

Compartilhe agora!