Veja aponta “ameaça” terrorista contra Bolsonaro e ministros

Compartilhe agora

A revista Veja desta semana traz em sua principal matéria um relato sobre ameaças terroristas contra Bolsonaro e ministros do seu governo.

A reportagem mostra uma organização chamada Sociedade Secreta Silvestre (SSS), que seria um braço brasileiro do Individualistas que Tendem ao Selvagem (ITS), uma organização internacional que se diz ecoextremista e é investigada por promover ataques a políticos e empresários em vários países.

LEIA TAMBÉM
Bolsonaro não recorre e processo contra Adélio Bispo é encerrado

Veja entrevistou um terrorista que se identifica como “Anhangá”. Ele garante que o plano para matar Bolsonaro é real e começou a ser elaborado desde o instante em que o presidente foi eleito.

Além do presidente, seriam alvos do grupo os ministros Ricardo Salles (Meio Ambiente) e Damares Alves (Família). A matéria cita até duas tentativas de atentados, um carro do Ibama incendiado, e uma bomba em Brasília que acabou falhando.

Independente das intenções violentas do grupo, a matéria deve servir de combustível renovado para o bolsonarismo atacar seus opositores de esquerda. De mesma forma que fazia com Adélio Bispo enfatizando uma antiga ligação com o PSOL.

Coincidência ou não, agora que o processo contra Adélio foi encerrado, um novo inimigo imaginário era tudo que o bolsonarismo precisava.

Com informações da Veja.