Solidariedade: Instituto Cubano de Amizade pede por Lula Livre

Compartilhe agora!


Em carta, o presidente do Instituto Cubano de Amizade entre os Povos (ICAP), Fernando González Llort, manifestou nesta quinta-feira (4) a solidariedade dos cubanos com a campanha pela liberdade imediata do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

No texto, Llort afirma ainda que acompanha de perto os detalhes do falso processo judicial contra Lula e pede sua libertação. “Desde que conhecemos seu injusto encarceramento temos trabalhado ininterruptamente a favor de sua imediata libertação, porque entendemos a solidariedade como instrumento essencial para barrar a máquina do poder de extrema direita”, ressaltou.

González Llort também destaca que sente “grande orgulho” da firme decisão do ex-presidente de defender o Brasil.

Leia a íntegra da carta traduzida:

Em nome do Instituto Cubano de Amizade entre os Povos (ICAP) e do povo cubano, me dirijo ao senhor com a convicção profunda de um revolucionário que conhece muito sobre os métodos de ação daqueles que tentam dobrar o espírito dos homens comprometidos com seu tempo e com as justas causas a favor das maiorias.

Desde que conhecemos seu injusto encarceramento temos trabalhado ininterruptamente a favor de sua imediata libertação, porque entendemos a solidariedade como instrumento essencial para barrar a máquina do poder de extrema direita das oligarquias que contam ainda com o apoio midiático interno e externo, totalmente voltado a confundir a opinião para distorcer e criar cenário desfavorável à opinião pública para distorcer e criar um cenário desfavorável ao redor de sua imagem e do Partido dos Trabalhadores que representa.

Nós seguimos de perto todos os detalhes desse falso processo judicial contra você.

Sabemos das pressões a que eles o sujeitaram e entendemos a importância da unidade do maior espectro de forças e pessoas de boa vontade para derrotar as mentiras sobre as quais construíram ações contra você.

Sentimos grande orgulho por sua firme decisão de defender que o Brasil também considera o nosso. Não esperávamos que outra reação de sua parte, além da firmeza, continuasse lutando, como ele fez a vida inteira.

Como presidente do ICAP, tive a honra de lançar em Cuba, em nome de um grupo de organizações do país, a campanha “ Lula Libre Ya”, em 26 de janeiro, em Havana, no encerramento do XIII Workshop Internacional de Paradigmas Emancipatórios.

Ao mesmo tempo criamos o Instituto, Grupo de Trabalho “Campanha por Causas Justas, espaço em que temos realizado diversas tarefas demandando sua definitiva liberação. Tais ações constituem nossa resposta ao chamado.

Fernando González Llort, presidente do Instituto Cubano de Amizade entre os Povos (ICAP)

Compartilhe agora!