Por Esmael Morais

Rui Costa: “As forças federais que cuidem da segurança do presidente”

Publicado em 23/07/2019

O governador da Bahia, Rui Costa (PT), comentou nesta terça-feira (23) sobre sua decisão de não colocar a Polícia Militar para fazer a segurança do presidente Jair Bolsonaro (PSL) durante a inauguração do novo aeroporto de Vitória da Conquista.

Em entrevista à rádio Metrópole, da Bahia, o governador afirmou que, como o evento de inauguração nesta terça-feira passou a ser um ato exclusivamente federal, cabe à Polícia Federal garantir a segurança.

LEIA TAMBÉM:
Painel Haddad estreou com entrevista de Guilherme Boulos; assista

“Eu não posso colocar a Polícia Militar para espancar o povo baiano que quer conhecer o novo aeroporto. Quem é popular e tem medo de ir às ruas, fica em seu gabinete. Se o evento é exclusivamente federal, as forças federais que cuidem da segurança do presidente”, afirmou Rui Costa.

Mais cedo, Bolsonaro foi ao Twitter e classificou a decisão do governador baiano como “lamentável”.

“Estou de partida para Vitória da Conquista para inauguração de aeroporto. Lamentável a decisão do governador da Bahia que não autorizou a presença da Polícia Militar para a nossa segurança. Pior ainda, passou a responsabilidade de tal negativa ao seu Comandante Geral”, escreveu o presidente na rede social.