Bolsonaro - Eduardo

PSOL questiona na PGR indicação de Eduardo Bolsonaro para embaixada

Compartilhe agora

Bolsonaro - Eduardo A bancada do PSOL na Câmara entrou na noite desta sexta (12) com uma representação na Procuradoria-Geral da República (PGR) para investigar a legalidade da indicação do deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-SP) como embaixador do Brasil nos Estados Unidos.

LEIA TAMBÉM:
Reforma da previdência foi ‘Vitória de Pirro’

Para o PSOL, a indicação do parlamentar frauda a Constituição. Além disso, o partido afirma que o filho do presidente Jair Bolsonaro (PSL) não tem qualificação técnica nem experiência diplomática para ocupar o cargo.

“Não há na história da diplomacia brasileira registros de indicações de filhos de presidentes ao posto de embaixador”, diz o documento enviado à procuradora-geral da República, Raquel Dodge.

O argumento usado por Bolsonaro para justificar a indicação é que o seu filho possui amizade com Donald Trump (presidente norte-americano) e fala inglês e espanhol.