Presidente da OAB diz que Moro “banca o chefe de quadrilha”

Compartilhe agora


O presidente da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), Felipe Santa Cruz, declarou que o ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro, “usa o cargo, aniquila a independência da Polícia Federal e ainda banca o chefe de quadrilha ao dizer que sabe das conversas de autoridades que não são investigadas”.

Segundo Mônica Bergamo, colunista do jornal Folha Folha de São Paulo, Santa Cruz lembra que a OAB recomendou o afastamento de Moro do cargo quando as reportagens do site panfletário Intercept começaram a ser publicadas.

A entidade afirmou, na ocasião, que a gravidade dos fatos demandava “investigação plena, imparcial e isenta”.

“Muitos disseram que a OAB foi açodada quando sugeriu o afastamento do ministro, exata e exclusivamente para a preservação das investigações”, afirmou o presidente da entidade.