Polícia Federal prendeu 4 “hackers criminosos”

Compartilhe agora

A Polícia Federal prendeu quatro suspeitos de invadir o telefone celular do ex-juiz Sérgio Moro, informa a Agência Brasil.

Em nota, a PF se limitou a informar que os suspeitos foram detidos em caráter temporário nas cidades de Araraquara, São Paulo e Ribeirão Preto e integram uma organização criminosa que pratica crimes cibernéticos. Também foram cumpridos sete mandados de busca e apreensão.

LEIA TAMBÉM
Ataques hacker são “crônica da farsa anunciada”, diz deputado

A operação foi batizada de Spoofing, expressão relativa a um tipo de falsificação tecnológica, que procura enganar uma rede ou uma pessoa fazendo-a acreditar que a fonte de uma informação é confiável quando, na realidade, não é.

Ainda de acordo com a PF, as investigações seguem para que sejam apuradas todas as circunstâncias dos crimes praticados. Procurado, o ministro Sergio Moro ainda não se pronunciou sobre o assunto.

Com informações da Agência Brasil.