Para livrar Flávio Bolsonaro, Toffoli pulou 42 ações no STF

Publicado em 21 julho, 2019

Reportagem da Folha de São Paulo aponta que o presidente do Supremo Tribunal Federal, Dias Toffoli, só viu urgência no pedido de Flávio Bolsonaro, mas não em outras 42 ações com o mesmo tema.

E pior, o despacho do Toffoli foi no mesmo dia em que a defesa do senador, filho do Presidente, fez o pedido.

LEIA TAMBÉM
Polícia Federal paralisa investigações com dados do Coaf

Segundo a matéria, antes de atender Flávio, o presidente do STF atuou por dois anos em um caso sobre compartilhamento de dados fiscais sem autorização judicial, mas não viu razão para determinar a suspensão das investigações.

A decisão atinge todos os processos, mas ela só veio por causa de Flávio, quando poderia ter sido tomada há muito tempo.

LEIA TAMBÉM
Toffoli faz gestão temerária no STF para salvar filho de Bolsonaro

Resumindo, tá tudo dominado.

Com informações da Folha de S. Paulo.