Por Esmael Morais

No Senado, Glenn Greenwald reitera autenticidade dos arquivos da Vaza Jato

Publicado em 11/07/2019

Em audiência na Comissão Constituição e Justiça (CCJ) do Senado, o jornalista Glenn Greenwald, editor do site The Intercept Brasil, reiterou, nesta quinta-feira 11, a autenticidade dos arquivos recebido de uma fonte anônima com diálogos ilegais entre o ex-juiz e atual ministro da Justiça e Segurança Pública, Sérgio Moro, e o coordenador da força-tarefa da Lava Jato, Deltan Dallagnol.

LEIA TAMBÉM:
Glenn Greenwald diz que não vai entregar arquivos da Vaza Jato

Greenwald também destacou durante a audiência que Moro e Dallagnol não apontaram até o momento qualquer material específico publicado pela série de reportagens da Vaza Jato em que possa ter ocorrido alguma adulteração.

Assista ao vídeo:

O convite para o jornalista falar na CCJ do Senado partiu do senador Randolfe Rodrigues (Rede-AP), sob alegação de que o conteúdo revelado “traz enorme preocupação no que diz respeito a uma possível interferência em processos, na contramão do princípio da imparcialidade, que deve balizar a conduta de membro do Ministério Público e do Poder Judiciário”.