MST convoca Ato pela Vida e Reforma Agrária em Valinhos (SP)

Publicado em 19 julho, 2019

O Movimento dos Trabalhadores Sem Terra (MST) convocou para sábado (20) um  ato em memória do Sem Terra, Luiz Ferreira da Costa,  que foi assassinado na quinta-feira (18) durante uma manifestação de integrantes da ocupação Marielle Vive, em Valinhos, São Paulo.

O motorista Leo Luiz Ribeiro avançou pela contramão em alta velocidade sobre o grupo que manifestava-se doando alimentos no quilômetro 7 da Estrada do Jequitibá. Durante o atropelamento outras dez pessoas ficaram feridas.

Os manifestantes exigiam do poder público melhorias nos serviços de acesso à água, saúde e transporte escolar. O MST entende que morte de Luiz é o retrato do ódio e da intolerância que ataca de forma deliberada os movimentos populares, aprofunda preconceitos e induz à violência.

Cerca de mil famílias vivem no Acampamento Marielle Vive, que foi ocupado em 14 de abril de 2018 – um mês após a execução da vereadora Marielle Franco, no Rio de Janeiro – e é localizado na Fazenda Eldorado Empreendimentos Ltda.

*As informações são do MST nacional