Por Esmael Morais

Moro tenta justificar vazamentos sobre a Venezuela

Publicado em 07/07/2019

O ex-juiz Sérgio Moro foi ao Twitter tentar justificar a sua atuação na Lava Jato para tentar derrubar o presidente da Venezuela Nicolás Maduro.

Em sua lógica tortuosa, ele estaria agindo certo em tornar públicos os “crimes de suborno da Odebrecht na Venezuela”. Pois seria um país no qual “juízes e procuradores são perseguidos e não podem agir com autonomia”.

LEIA TAMBÉM
Lava Jato conspirou para derrubar Maduro na Venezuela, diz nova reportagem na Folha

Ele ignora o fato de que é brasileiro, mora no Brasil, e não tem nada com isso. Sem falar que a trama entre ele e os procuradores para vazar as informações violava acordo entre os países.

Para ele seria legítimo um juiz e promotores brasileiros usarem seus cargos e funções públicas para interferir ilegalmente na vida política de uma país vizinho.

Confira o tuíte de Moro: