Por Esmael Morais

Moro pediu férias para capturar Queiroz, diz Requião

Publicado em 09/07/2019

O ex-senador Roberto Requião (MDB-PR) ironizou o pedido de férias pelo ministro Sérgio Moro afirmando que o ex-juiz foi à captura do Queiroz.

“O Queiroz agora não escapa”, escreveu o emedebista que ainda deu uma sabugada no procurador Deltan Dallagnol que faltou ao depoimento no Congresso: “certamente Dalagnol se recusa a ir à Câmara para ter tempo de ajudá-lo.”

“O Batman e o Robin na captura do Queiroz! AHA UHU! Desta vez vamos!”, ironizou Requião.

LEIA TAMBÉM
Requião explica a reforma da previdência para leigos: é coisa de F.D.P.

O líder do PT na Câmara, Paulo Pimenta (RS), acusou o ministro da Justiça de burlar a lei com a licença concedida pela Presidência da República.

Segundo o petista, a lei 8.112/1990 não prevê “licença” para ministros de Estado. “Moro quer burlar a lei, como sempre fez na Lava Jato a exemplo de Deltan”, disse.

O Blog do Esmael publicou ontem com exclusividade que Moro pediu licença em virtude da mudança de seu filho, Vinícius, que vai morar e estudar no Canadá.