Por Esmael Morais

Membros do CNMP querem abrir investigação sobre Deltan Dallagnol

Publicado em 18/07/2019

O grupo que planeja recorrer contra o arquivamento de investigações sobre a ação de Deltan Dallagnol e outros procuradores da Operação Lava Jato no Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP) estimam que o plenário deverá atender ao pleito. Pelas contas dos mais otimistas, a decisão favorável à investigação deve ser tomada por 8 votos a 6.

Segundo o Painel, da Folha de São Paulo, os integrantes do CNMP que apoiam a abertura de inquérito não acreditam na possibilidade de o corregedor do órgão, Orlando Rochadel, apoiar a apuração. Por isso, eles se articulam para submeter o caso ao plenário.

Depois que o site The Intercept Brasil publicou as primeiras mensagens entre Dallagnol, colegas da força-tarefa e o ex-juiz Sergio Moro, uma investigação contra os procuradores foi aberta. Mas Rochadel a arquivou. Ele argumentou que não é possível confirmar a autenticidade dos diálogos em que Dallagnol aparece atuando de forma colaborada com Moro, consultando o magistrado sobre como conduzir nos processos, sendo que Moro os julgava na 13ª Vara Federal de Curitiba.