Juristas pedem afastamento de Dallagnol e companhia

Compartilhe agora!

A Associação Brasileira de Juristas pela Democracia (ABJD) protocolou nesta quarta-feira, (03/07), no Conselho Nacional do Ministério Público, uma reclamação disciplinar contra os procuradores Deltan Dallagnol, Carlos Fernando dos Santos Lima e demais integrantes da força-tarefa lava jato.

Eles aparecem agindo em conluio com o ex-juiz Sérgio Moro em mensagens vazadas pelo Site Intercept.

LEIA TAMBÉM: Procuradores ainda não entregaram celulares para perícia da PF

“Esperamos que o CNMP acolha a manifestação da sociedade civil, diante da avalanche de fatos que exigem investigação. O que está em jogo não é apenas as condutas dos procuradores da República, mas, a depender de como reaja o Conselho, a própria instituição Ministério Público Federal”, diz a Associação.

A ABJD requer que o CNMP afaste imediatamente, de forma cautelar, os integrantes da força-tarefa da operação Lava Jato.

A preocupação se dá diante do risco de adulteração e ocultamento de provas enquanto se dá a apuração dos fatos revelados pelo The Intercept Brasil, no que está sendo considerado o maior escândalo do judiciário brasileiro.

As informações são do Brasil de Fato.

Compartilhe agora!