Por Esmael Morais

Intercept chegou às palestras; espere para ver quando chegar às delações premiadas

Publicado em 15/07/2019

O mundo lucrativo do procurador Deltan Dallagnol caiu com a revelação pela Folha e Intercpet, neste domingo (14), de que ele planejava lucrar alto — “400k” (quatrocentos mil reais)– com a fama obtida na Lava Jato. A reportagem mostrou o modus operandi da força-tarefa em relação às palestras e cursos, mas ganhará mais dramaticidade quando chegar às delações premiadas.

Quando a coalizão formada pelo Intercept, Folha e Veja dar início ao descortinamento das delações premiadas fará sentido uma velha máxima do chanceler alemão Otto von Bismarck segundo a qual [adaptada aos tempos de Lava Jato] “as delações premiadas são como salsichas. É melhor não ver como elas são feitas”.

LEIA TAMBÉM
Gleisi dispara: “Moro é um canastrão!”

No caso específico das negociações premiadas, os brasileiros têm direito e interesse de saber como funciona essa indústria da delação premiada.

O Intercept afirma que têm textos, fotos, áudios e vídeos que atestam a veracidade de todas as mensagens vazadas pelo site do jornalista Glenn Greenwald, Aliás, todo o material foi aferido pelo espanhol EL PAÍS.