Glenn Greenwald sabe por que Deltan Dallagnol não entregou o celular para perícia da PF

Compartilhe agora

O fundador do site The Intercept Brasil, jornalista Glenn Greenwald, pelo Twitter, afirmou nesta segunda-feira (1º) que sabe o motivo de o procurador Deltan Dallagnol não entregar seu celular para a perícia da Polícia Federal.

“Nós todos sabemos porque”, escreveu um lacônico Greenwald ao retuitar matéria da revista Época (Globo) informando que o chefe da força-tarefa Lava Jato resiste à ideia de entregar o celular para a perícia da Polícia Federal.

LEIA TAMBÉM
Faixa #MoroCriminoso agitou Curitiba neste domingo

Diz o jornalista Guilherme Amado, na Época:

“Três semanas desde que o mundo descobriu o teor das conversas entre Sergio Moro e Deltan Dallagnol, o chefe da Lava Jato em Curitiba ainda não entregou seu celular para a perícia da Polícia Federal.

Dallagnol tem dito a amigos que não entregará.”

Deltan e o ex-juiz Sérgio Moro tem negado que sejam autores de mensagens vazadas pelo site Intercept. Contraditoriamente, às vezes também dizem não se lembrar dos conteúdos e, noutros momentos, apontam adulteração nas conversas trocadas entre eles. Greenwald jura que o julgar (juiz) e o acusador (procurador) são os autores dos bombásticos textos e garante que tem como provar tudo.

O senador Humberto Costa (PT-PE) cobrou a entrega do celular pelo procurador Deltan. O parlamentar disse que a PF tem condições de atestar se é verdade ou não o conteúdo do que foi vazado pelo Intercept. “Do que tem medo?”, questionou.