Por Esmael Morais

Deu P.T. na reforma da previdência de Bolsonaro; ouça e veja por quê

Publicado em 09/07/2019

Deu P.T. (Perda Total) na reforma da previdência do presidente Jair Bolsonaro (PSL).

O deputado Rogério Correia (PT-MG) divulgou informe na noite desta segunda-feira (8) revelando que parlamentares governistas estariam se recusando a ir para o cadafalso; eles não têm garantia sequer do pagamento das emendas prometidas, muito menos da reeleição.

Ouça o áudio de Correia:

A presidenta nacional do PT, deputada Gleisi Hoffmann (PR), também publicou vídeo nas redes sociais garantindo que o governo Bolsonaro não tem os votos necessários para aprovar no plenário a reforma da previdência.

LEIA TAMBÉM
Ministros devem retornar à Câmara para votar reforma da Previdência

A dirigente petista explicou que uma coisa é a comissão especial que na madrugada do último dia 5 aprovou o texto-base do fim da aposentadoria; outra totalmente diferente é a discussão em plenário, a partir desta terça (9).

No plenário, Bolsonaro precisará do voto favorável de pelo menos 308 deputados em dois turnos de votação para ir à análise do Senado.

O próprio “Placar da Previdência” do Estadão –que é favorável ao fim da aposentadoria dos trabalhadores– aponta apoio de 268 deputados à reforma da Previdência.

Portanto, deu P.T. na reforma da previdência de Bolsonaro.