Despreparado, filhote Eduardo Bolsonaro vai dobrar salário

Compartilhe agora

A nomeação do deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-SP) para embaixada brasileira nos Estados Unidos, além de ferir a tradição diplomática do país, vai representar um substancial ganho em seus rendimentos. De acordo com o Itamaraty, a remuneração bruta para o cargo é de US$ 18.216,25, o que equivale a R$ 68.546,57.

O valor considera que Eduardo Bolsonaro vai levar sua esposa, Heloísa Wolf Bolsonaro, com quem se casou em maio. O embaixador em Washington, casado, tem direito a um auxílio familiar de US$ 958,75 mensais, ou seja, R$ 3.607,71.

Além de despreparado tecnicamente para a função de embaixador nos Estados Unidos, Eduardo Bolsonaro é também vinculado politicamente ao movimento de extrema-direita neofascista, The Movement, liderado por Steve Bannon, que defende um agenda antidemocrática, intervencionista na América Latina e pró-imperialista.